segunda-feira, junho 11, 2007

LOBBY-TOMIA

O advogado que defende Genivaldo Inácio da Silva, o Vavá Lula da Silva, disse que seu cliente não tem preparo nem nível de instrução suficiente para fazer lobby.
Então, por que faz?
Ah... Coisas de DNA, talvez..
Vale lembrar o sempre atual Lord Acton, que já nos idos de 1887 disse:
“E, lembre-se, quando se tem uma concentração de poder em poucas mãos, freqüentemente homens com mentalidade de gangsters detêm o controle. A história provou isso. Todo o poder corrompe:o poder absoluto corrompe absolutamente.”

10 comentários:

Halem Souza (Quelemém) disse...

E aquela história mal contada de "máquinas de terraplanagem" e não "de caça-níqueis"?

Essas pessoas pensam que todo mundo é idiota?

Jens disse...

Tsc, tsc, tsc...lamentável. Fazer lobby é pra quem tem pedigree. A choldra não aprende.
(E além do mais a mordida era de míseros três ou quatro pilas. Cadeia nele!).
***
Lord Acton? Percebo que o repouso te fez bem.
Bem-vinda ao lar.

Fábio disse...

como dizia minha saudosa avó..."A ambição é uma doença que só encontra remédio sob alguns palmos de terra".

ACANTHA disse...

Pensam sim, HALEM... Pensam sim..

ACANTHA disse...

Bom voltar, JENS... Saudades.

ACANTHA disse...

Então, posso ter esperanças, FÁBIO???

R.C disse...

Fazer lobby eh fazer sala? Ai vale qualquer um!

e Jens, lembre-se do peso de minha mao, painho!

abrax

RF

ACANTHA disse...

Creio que se pode fazer lobby na sala, ROY...
Jens, Jens... O que foi dessa vez?

Manoel Carlos disse...

Mas em um dos escândalos já esquecidos, Vavá apareceu com grandes empresários, entrando em salas de ministros importantes...
De Vavá a Lulinha, como disse Lula: "governar é complicado, mas é bom demais!"

Acantha disse...

Tão bom, que muitos querem se perpetuar no cargo, MANOEL CARLOS...