segunda-feira, novembro 06, 2006

1907...

Folha Online
"Um escritório norte-americano de advocacia deverá levar nesta segunda-feira à Justiça dos Estados Unidos as primeiras ações indenizatórias movidas por parentes de algumas das 154 pessoas mortas na queda do Boeing da Gol ocorrida dia 29 de setembro, em Mato Grosso. De acordo com o advogado Manuel von Ribbeck, o escritório representará cerca de 60 famílias."
É cada vez mais curto o espaço de tempo entre a dor insuportável e o valor da indenização...

6 comentários:

Flávio disse...

Não vejo nada demais.
Não é porque você perdeu alguém da família que o dinheiro perde a utilidade...

Eduardo disse...

É o direito deles e de todos, talvez não de receber a indenização, mas de pisar sem dó nos EUA...

Acantha disse...

Eu não disse que há algo demais FLÁVIO. Sou a maior partidária de que é muuuito mais fácil sofrer na Europa. Me incomoda o tempo que decorreu... Ou não decorreu...

Acantha disse...

É DIREITO deles receber a indenização, EDUARDO. Mas poderiam ter a delicadeza de esperar mais um pouco...

Fábio disse...

Nenhuma indenização paga a perda de uma vida. Mas que a justiça seja feita a essas famílias o mais rápido possível.

Acantha disse...

Ah, FÁBIO... Quem dera a justiça fosse justa...